Ainda há uma indefinição sobre quando efetivamente a Lei Geral de Proteção de Dados entrará em vigor e em que momento as sanções para as empresas que não estiverem em conformidade começarão. Mas, independentemente disso, as organizações que lidam com dados de funcionários, clientes e parceiros devem se adequar já.

O advogado Gabriel Nantes Gimenez, especialista em Privacidade e Proteção de Dados do escritório De Vivo, Castro, Cunha e Whitaker Advogados, explica os caminhos possíveis para a legislação no Congresso e indica os passos mais importantes para as empresas.